20 de ago de 2010

Desbloquearam o PS3

20 de ago de 2010
Por Jefferson Silva em
FURO DE NOTICIA!

Eu poderia até escrever uma matéria toda minha sobre o ocorrido, mas prefiro deixar minhas palavras paras as matérias que sucedem essa noticia BOMBÁSTICA. Será mesmo que agora vai?! Se sim, vou correndo comprar meu PS3! Leia abaixo matéria publicada no Gizmodo Brasil, site muito conhecido e de credibilidade no cenário nerd.



Um vendedor autraliano de modchips para Wii, PlayStation 2 e Xbox 360 publicou um vídeo mostrando um PlayStation 3, famoso por não aceitar nada não oficial, rodando discos de jogos copiados salvos em um console hackeado. E, pelo que eles contaram para nós, o negócio é verdadeiro.

O site OzModChips.com postou três vídeos no YouTube mostrando a façanha, batizada de PS Jailbreak, que funciona plugando um pendrive de 170 dólares australianos na entrada USB do PlayStation 3. A legalidade de modchips para consoles varia em diferentes regiões. Eles são ilegais nos EUA, por exemplo.

O desbloqueio permitira que os donos de PS3 rodassem cópias de seus jogos feitas em casa e, é claro, jogos piratas, algo que a Sony conseguiu manter longe de seu console desde seu lançamento.

O Kotaku entrou em contato com a divisão de PlayStation da Sony nos EUA para comentar o caso e atualizará a notícia assim que tivermos uma resposta.



O narrador do primeiro vídeo diz que o modchip chegou ao escritório deles na Austrália na manhã de hoje. A sequência do vídeo mostra o que parece um PS3 com seu drive de disco ocupado com uma cópia do jogo Uncharted enquando ele roda uma versão salva no HD de Ratchet & Clank: Tools of Destruction. Essa é a prova, segundo o site, de que esse novo produto de “desbloqueio de PS3” funciona. Com o hack funcionando, os usuários de PS3 não precisarão ter uma cópia em disco dos jogos para rodá-los, o que seria um grande pesadelo para a Sony.

O Kotaku não teve acesso ao pendrive e não pode confirmar a veracidade do funcionamento do hack. Mas nós falamos com o representante do OzModChips.com que disse que o pendrive “não é de brincadeira”.

O representante, que pediu para não ter seu nome divulgado e pediu para ser chamado de “Mr. OzModChips”, mandou um novo vídeo ao Kotaku que, diferente do vídeo com o Ratchet, mostra uma TV e um PS3 em plano aberto para demonstração completa do desbloqueio. O vídeo foi feito para calar os mais céticos que acharam que os primeiros vídeos não provavam que o hack funcionava, sendo obra de uma simples edição de vídeo.



Nesse vídeo mais recente, uma cópia de God of War III é inserida no console. Navegando por um “gerenciador de backup” no PS3, o narrador do vídeo acessa uma lista de games salvos no HD do sistema e carrega o jogo Infamous. (A escolha do Infamous não parece ter sido a melhor para acabar com as dúvidas de que jogos ripados de discos estavam rodando no hack, já que o jogo está disponível para download 100% digital pela PlayStation Store. Mas o gerenciador lista outros jogos, incluindo LittleBigPlanet e Ratchet & Clank: Tools of Destruction, indicando que outros títulos foram ripados e salvos dentro do console.)

Alguns disseram que os vídeos mostram o hack rodando em um PS3 modificado, mas o Mr. OzModChips disse ao Kotaku que eles estavam usando o sistema comum.

Mr. OzModChips disse ao Kotaku que o chip veio da China ou de Hong Kong, mas não quis dizer quem criou o chip ou onde esse pessoal está. Seu site informa que “aparentemente 150 jogos foram testados” com o chip, conforme os dados passados pelo fornecedor e criador do chip. Sobre como o hack funciona, já que o console da Sony já é inacessível há 4 anos, ele nos disse em um e-mail: “eu acho que ele engana o ps3 fazendo-o pensar que ele é uma unidade de desenvolvedor, mas eu não tenho muitas informações técnicas”.

O site OzModChips indica que o chip estará disponível para venda no final do mês e funciona em PS3s que rodem o firmware 3.41, o firmware mais atual do sistema. É possível que um nova atualização de firmware acabe com a brecha que permite esse tipo de desbloqueio.

O PS3 é historicamente conhecido por sua segurança contra modchips, que costumam ser um caminho prático para a pirataria. Já o PSP foi desbloqueado praticamente quando foi anunciado. Por anos, a Sony e os hackers travam uma batalha que envolve atualizações de firmware e novos hacks: a Sony arruma o problema com um novo firmware de PSP que exige a instalação para poder jogar novos jogos do PSP; hackers respondem com um software que reabre a brecha para uso de cópias de jogos, softwares caseiros e jogos piratas.

O Xbox 360 e o Wii já são desbloqueados há anos, e empresas e desenvolvedores reclamam que usuários dos consoles podem e rodam jogos pirateados ou copiados nas máquinas de forma ilegal.

Os fornecedores de chips de modificação, como o OzModChips, deixam claro em sua política que seus serviços são criados apenas para uso de backup legal de jogos e softwares.

Mr. OzModChips disse que esse pendrive para hackear o PS3 foi enviado para outros vendedores de modchip e que nós devemos ver uma enxurrada de vídeos sobre o assunto nos próximos dias.